Tudo de uma semente

As sementes de soja nunca foram tão procuradas como hoje! As tendências vegetarianas ou veganas não são o único motivo que contribuiu para que os produtos de soja sejam tão procurados em todo o mundo. Os aspetos de saúde também são importantes. Isto porque a semente de soja fornece muitas proteínas e pode contribuir em larga medida para uma alimentação equilibrada. E isso de formas variadas!

Muitos nutrientes em pequenas sementes

Não admira que cada vez mais produtos de sementes de soja estejam presentes nos nossos supermercados: as sementes de soja têm muito para oferecer! Não só são ricas em minerais, tais como potássio, magnésio, ferro e zinco, como também contêm muitas proteínas. 100 g cobrem cerca de metade da necessidade média diária! Por outro lado, o corpo também agradece as vitaminas B e E fornecidas. Além disso, as sementes de soja têm muito poucas calorias e não têm glúten nem lactose.

Grande diversidade de alimentos

Edamame

Edamame é produzido a partir de sementes de soja que ainda não estão completamente maduras. As sementes são cozinhadas a vapor ou cozidas e, conforme o gosto, requintadas com uma pitada de sal. Preparadas tão facilmente, edamame são um ótimo snack entre as refeições e ideais como topping original para saladas e Poke Bowls. Em puré e em combinação com outros ingredientes, tais como p. ex. abacate, edamame também se transforma numa edamole deliciosa ou noutros molhos. Como têm muito poucas calorias, mas fornecem muitas proteínas, cálcio e ferro, edamame também são designadas superfood.

Tofu

Tofu é produzido a partir de leite de soja que, similarmente à produção de queijo a partir de leite de vaca, coagula e é a seguir prensado. Conforme a consistência, faz-se uma distinção entre tipos diferentes de tofu. O tofu é usado muitas vezes como substituto de carne na alimentação vegetariana e vegana.

Miso

A pasta espessa é produzida a partir de sementes de soja fermentadas e de um fungo chamado koji. Como é muito salgada e condimentada, tem muitos componentes UMAMI. Miso é usada principalmente para a produção de sopas ou molhos.

Natto

Natto é um alimento tradicional japonês que é produzido a partir de sementes de soja cozidas e fermentadas. Através da fermentação formam-se fios entre as sementes, que desenvolvem primeiro um aroma doce e, mais tarde, um aroma torrado. Natto tanto é usado como acompanhamento como também como ingrediente, devendo até ter um efeito antibacteriano.

Molho de soja

O molho de soja é produzido a partir de água, sementes de soja, sal e cereais e é usado como condimento em numerosos pratos. O processo de fabrico é frequentemente muito diferente. Existe por exemplo o molho de soja japonês e o chinês, dividindo-se este último em molho claro e molho escuro. Pode reconhecer o nosso molho de soja Kikkoman p. ex. através destas características inconfundíveis: cor escura singular, gosto saboroso UMAMI e diversidade complexa de aromas.

Farinha de soja

Quando se faz óleo a partir de sementes de soja, a farinha de soja é um subproduto importante. Como é rica em proteína, é usada muitas vezes para cozer pão, bolos ou pãezinhos. No entanto, neste caso a farinha de soja é sempre só um produto adicional. Deve ser sempre usada uma mistura de farinha de 20 a 30 por cento de farinha de soja e da quantidade correspondente de farinha tradicional. De outro modo os produtos cozidos não sobem bem.

Leite de soja

Apesar de aqui ser mais propriamente uma tendência nova, na China já se bebia leite de soja há mais de 2.000 anos. O leite é produzido a partir da semente de soja inteira, que é demolhada, passada em puré e a seguir cozida. Nos tempos de hoje, o leite de soja é uma boa alternativa ao leite de vaca: contém quase tantas proteínas, mas não contém lactose nem colesterol. Por isso, é particularmente apreciada por pessoas com uma alimentação vegana ou que têm de prescindir de lactose e proteína láctea.

Iogurte de soja

O iogurte de soja é obtido a partir de leite de soja e produzido por fermentação similarmente ao iogurte de leite de vaca. Tal como o leite de soja, é rico em proteínas e fornece adicionalmente muitas culturas probióticas. Além disso, o iogurte de soja não tem glúten nem lactose e é adequado para uma alimentação vegana.

Granulado de soja

Outro substituto de carne a partir da semente de soja são os granulados de soja. Os pequenos flocos são compostos por proteína de soja seca, que são demolhados em água, caldo ou numa marinada de especiarias. A seguir são processados como carne picada. É por isso que são particularmente usados em molhos bolonhesa ou chilis vegetarianos.

 

A soja é maravilhosa não só como substituto de carne ou como alternativa a produtos lácteos, tais como natas, iogurte ou queijo. Os produtos de soja são um ingrediente versátil para pratos de todos os tipos. Substitua molhos cremosos e pesados p. ex. por molhos de soja Kikkoman.

Kikkoman preparou algumas ideias de receitas para si. Experimente!

Já sabia?

O Molho de Soja fermentado naturalmente Kikkoman vem do Japão e contém exclusivamente os quatro ingredientes sementes de soja, trigo, água e sal. Aquilo que distingue a qualidade dos molhos Kikkoman é o que lhe revelamos aqui.

Receitas de soja